RFEM - Interface Usuário

Interface gráfica do usuário do RFEM 5

 

Interface do usuárior e ajustamento individual corrigido 

   

Interface gráfica do usuário intuitiva

Cria a estrutura num ambiente idêntico aos sistemas CAD ou introduzindo os dados nas tabelas. Através de um simples clique com o botão direito do mouse sobre um objeto nos gráficos ou no navegador, pode abrir o menu de contexto, facilitando a criação ou alteração dos elementos estruturais. A interface gráfica do utilizador pode ser operada de forma intuitiva. Assim, os objetos estruturais e de carga são gerados de forma instantânea.
1 Navegador de contexto
 
   

Controle do programa multilingue

 
Pode trabalhar com o programa nos seguintes idiomas: Alemão, Inglês (Estados Unidos ou Britânico), Checo, Italiano, Espanhol, Francês, Português, Polaco e Russo. Além do mais, pode alterar o aspeto da interface do usuário: Selecione entre nove estilos diferentes, por exemplo Office 2007 Azul, Prata, Água ou Preto.
2 Opções do programa
 
   

Salva as configurações definidas pelo usuário

 
Os Menus e as barras de ferramentas podem ser configurados livremente. Desta forma, as funções utilizadas frequentemente podem ser definidas numa organização personalizada. Para restaurar as configurações padrão, apenas é necessário um clique com o mouse. As tabelas, navegadores e barras de ferramentas podem ser organizadas e posicionadas em qualquer lugar no programa
Além do mais, com o novo Gestor de configuração pode especificar as configurações definidas pelo usuário para a visualização, barra de ferramentas etc. e guarda-las como configurações separadas.
3 Personalizar
 
   

Visualização Foto-realística

 
Devido à visualização foto-realística dos modelos em representações 3D, é garantida de imediato uma verificação dos dados de entrada. A exibição das cores pode ser ajustada livremente e guardada separadamente para o monitor e para a impressão.
4 Visualização
 

Exibir controle dos objetos

 
Os objetos, tais como, os nós, barras, apoios etc. podem ser exibidos e ocultados de forma individual. Além disso, pode dimensionar o modelo utilizando linhas, arcos, ângulos, inclinações ou indicações de altura. As linhas auxiliares e cometários definidos livremente ajudam a introduzir e avaliar os dados estruturais. Os objetos auxiliares podem também ser ativados ou desativados de forma específica.
 
5 Editar dimensão linear
 

Controle global de unidades

 
As unidades para os dados de entrada, cargas e resultados no RFEM, bem como em todos os módulos adicionais estão especificadas numa caixa de diálogo geral. As configurações podem ser armazenadas e se necessário, importadas posteriormente. Desta forma, pode utilizar diferentes perfis de unidades, por exemplo, em construções de aço e concreto armado.
 
6 Unidades